Taxa de conversão do e-commerce: como aumentar seus números na prática?

Fazer uma loja virtual dar certo demanda um esforço grande em várias frentes, um dos principais termômetros para medir o sucesso de um negócio online é a taxa de conversão do e-commerce, e é dela que falaremos neste post.

Afinal, o que é a taxa de conversão do e-commerce?

O que chamamos de taxa de conversão nada mais é do que uma das formas de se mensurar os resultados das ações de vendas e marketing. Ou seja, na prática, essa taxa é uma das métricas mais importantes de um e-commerce.

É claro que o resultado precisa ser contextualizado, nem toda conversão é uma venda. Por exemplo, você pode calcular a taxa de conversão de um banner de anúncio sobre o número de cliques que ele teve em um determinado período. 

Inclusive é muito importante que você meça os resultados de suas campanhas de Google Ads e Facebook Ads para e-commerce, afinal, elas representam grande parte de seu investimento.  

Entretanto, de modo geral, quando falamos de conversão no e-commerce estamos nos referindo a quantidade de vendas realizadas em comparação ao número de visitas que seu site recebeu em um determinado período.

Como calcular a taxa de conversão do e-commerce?

Essa taxa é medida em porcentagem, logo, para ter acesso a um número real você precisará dividir a quantidade de ações realizadas por quem visitou o seu site, mesmo aqueles que não converteram, e depois multiplicar por 100.

Para entender melhor vamos a um exemplo, considere que seu site recebeu 50 mil visitas em um mês, mas desse montante apenas 8 mil usuários fizeram uma compra, logo a fórmula para descobrir a taxa de conversão do e-commerce é: 

(número de clientes que compraram / número de visitas) x 100 = taxa de conversão

8000/50000 X 100 =

= 16%

Isso significa que a taxa de conversão da loja é de 16%.

5 dicas para aumentar a taxa de conversão do e-commerce

Agora que ficou claro o que é a taxa de conversão e como calculá-la, que tal algumas dicas práticas para você aumentar o seu percentual de vendas? Separamos 5 pontos fundamentais que você precisa estar de olho.

Faça testes A/B

Um dos caminhos interessantes para se testar se uma ação de marketing para e-commerce terá sucesso é fazendo testes A/B, eles permitem que você teste se o layout de anúncio ou da disposição em um site está tendo resultado e se os links estão bem distribuídos, por exemplo.

Muitas vezes, algumas alterações simples já surtem efeito e os testes são maneiras gratuitas de você afinar melhor os seus anúncios e colocá-los online já mais “redondinhos”.

Aposte em reviews e depoimentos de clientes satisfeitos

Uma das formas de dar segurança a um visitante que não conhece seu site é apresentando as avaliações dos seus clientes. Eles são uma espécie de atestado de que sua loja entrega o que promete.

Muitas pessoas tem bastante resistência em fazer negócios com sites que não conhecem bem, os reviews e avaliações mostram a esses visitantes como foram as experiências de outras pessoas com sua loja.

Use técnicas de SEO

SEO para e-commerce (Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca) nada mais é que algumas técnicas essenciais para que seu e-commerce melhore o ranqueamento nos principais sites de busca, sobretudo o Google.

Alguns pontos que valem ser destacado como “boas práticas do SEO para e-commerce” são:

  • site responsivo e de carregamento rápido;
  • incluir texto alternativo nas imagens, dessa forma elas são ranqueadas no Google Imagens;
  • trabalhar com palavras-chave usadas nos motores de busca nas descrições das páginas de produtos para melhorar o ranqueamento das mesmas. 

Invista em tráfego pago

Uma das formas de aumentar sua taxa de conversão é trazendo mais pessoas qualificadas para visitar seu site. Isso é possível através de anúncios patrocinados no Facebook e Google Ads, por exemplo.

No entanto, é importante fazer anúncios assertivos e com estratégia para conseguir bons resultados e não acabar gastando dinheiro atoa.

Caso os visitantes não estejam alinhados ao perfil de persona que você deseja atingir, é possível que você acabe tendo o efeito contrário: uma queda nas taxas de conversão. Afinal, há um aumento no número de visitantes e uma queda de vendas.

Por isso, caso você tenha pouco ou nenhum conhecimento destes canais, vale a pena assistir ao vídeo abaixo:

Aposte em um interface intuitiva

Por fim, outro ponto importante é o de investir em um site que seja de fácil navegação para qualquer um. Não basta que o site seja bonito e funcional, deve ser possível chegar onde quer de maneira fácil e rápida.

3 ferramentas úteis para aumentar sua taxa de conversão 

Fazer tudo funcionar para que sua taxa de conversão cresça é uma tarefa impossível sem algumas ferramentas para automatizar alguns processos e melhorar a experiência do cliente. Conheça plataformas essenciais para qualquer e-commerce de sucesso.

Ferramentas de e-mail marketing

O e-mail marketing é uma das ferramentas ideias para criar um relacionamento com seu cliente, trabalhar alguns conteúdos na jornada de compra e claro, fazer mais vendas e fidelizar seus clientes.

Para isso você precisará investir em uma ferramenta que automatize o envio dos seus e-mails, sempre com objetivo traçado e público segmentado e também em uma ferramenta que possibilite a criação de fluxos de automação.

Ferramentas para recuperar clientes

Muitos visitantes chegam até o momento do checkout e, por alguma razão, não confirmam a compra, ou pior, alguns deles chegam a confirmar a compra, mas acabam não efetuando o pagamento, é o caso de compras no boleto, por exemplo.

Neste caso, vale a pena usar alguma ferramenta que possa, por exemplo, recuperar boletos não pagos e enviar novos para os clientes, como é o caso do Boleto Recovery que te ajuda automatizar isso, otimizando seu tempo e aumentando sua taxa de conversão.

Ferramenta para atender bem seus clientes

Por fim, outro ponto essencial para aumentar as vendas e converter mais visitantes em clientes é um atendimento de qualidade aliado a uma boa variedade de canais de comunicação com o cliente.

Para isso, vale a pena apostar em ferramentas como a Zendesk, por exemplo, por lá você consegue automatizar chatbots para agilizar o atendimento, é possível gerenciar um sistema de tíquetes de atendimento, criação de comunidades para consumidores tirarem dúvidas e muito mais.

Sabemos que aumentar a taxa de conversão do e-commerce não é uma tarefa simples, mas com as dicas que listamos acima, você terá mais chances de sucesso. Então, boas vendas!
Este artigo foi escrito pela Apps Ecommerce, desenvolvedora de aplicativos para Shopify como Parcelamento Installments e Boleto Recovery

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9 + 17 =